Saiba a importância do Exame Ocular antes da volta às aulas



São muitas as tarefas a serem concluídas antes da volta às aulas das crianças: material escolar, troca de escola, matrícula... a lista pode ser extensa, mas você, provavelmente, deve estar esquecendo um bem importante: EXAMINAR A VISÃO.

A visita ao oftalmologista costuma ser esquecida até que se perceba algum prejuízo no rendimento escolar. Por isso, o lembrete de hoje é aquele clichê: é melhor prevenir só que remediar.

O recomendado é que toda criança faça um checkup antes de iniciar os estudos (ou seja, aos 5 anos). Caso seja encontrado algum distúrbio oftalmológico as visitas ao oftalmologista serão regulares, caso contrário, é só manter alguns cuidados para o desenvolvimento saudável da visão delas.

POR QUE REALIZAR O EXAME OFTALMOLÓGICO COMPLETO?

Além de detectar distúrbios oftalmológicos, como miopias e astigmatismos, que dificultam o aprendizado e as atividades físicas da criança, o exame oftalmológico completo pode identificar problemas como o estrabismo, hipermetropia, entre outros, muitos dos quais podem ser corrigidos ou tratados quando detectados precocemente.

o exame oftalmológico completo inclui:

- Exame de acuidade visual: esse é o mais comum e conhecido. Usando um letreiro, com letras ou símbolos de diferentes tamanhos, avalia-se o potencial de visão do paciente.

- Exame de movimentos oculares: exame feito para avaliar se os olhos estão alinhados. Nele médico poderá pedir à criança para que olhe em direções diferentes, ou apontar um objeto, como uma caneta e, observar os movimentos oculares;

- Fundoscopia: usado para diagnosticar alterações na retina ou no nervo ótico. O médico utiliza uma lente acessória para examinar o paciente;

- Tonometria: serve medir a pressão dentro do olho, através de uma luz azul projetada sobre o olho do indivíduo e através do contato com aparelho medidor ou através de um aparelho de sopro;

- Avaliação das vias lacrimais: O oftalmologista analisa, através de colírios e materiais, a quantidade da lagrima, sua permanência no olho, sua produção e sua remoção.

Além destes exames, podemos aconselhar o paciente a fazer outros exames mais específicos como Ceratoscopia Computadorizada, Curva Tensional Diária, Mapeamento da Retina, Paquimetria e Campimetria visual.

Depois de tudo conferido, seu filho poderá iniciar mais um ano letivo preparado para aprender e desenvolver todo seu potencial, dentro e fora de sala de aula.

Vale lembrar que, não há necessidade de se preocupar com o uso dos óculos. Hoje em dia usar óculos já não é mais um estigma para as crianças, além disso, existem modelos coloridos que vão se encaixar na personalidade do seu pequeno. A sua única preocupação na hora de escolher deve ser a de se certificar que sejam inquebráveis.

Já agendou uma consulta com oftalmologista para o seu filho? Saiba que os olhos das crianças possuem características específicas e um oftalmologista pediatra pode ser uma boa opção para te ajudar.

Fonte: SBO

24 visualizações