Você sabe lidar com os deficientes visuais?



Quantas pessoas deficientes visuais convivem com você? E quantas você já conheceu ao longo da vida?


Atualmente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estima que há cerca 6 milhões de deficientes visuais no Brasil e 500 mil cegos. Diante de um cenário em que a visão é responsável por até 85% das informações que recebemos no dia a dia, conseguimos entender os desafios que estão por traz do convívio com quem tem alguma limitação nesse sentido.


O Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), por meio da Revista Veja Bem, preparou um material completo com instruções importantes para que você conheça o comportamento correto diante de uma pessoa deficiente visual. Com simples ações é possível entender o nosso papel e contribuir para uma vida melhor de todos.


Aqui estão algumas dicas:


- As pessoas cegas ou deficientes visuais não vão pedir ajuda em todo momento. Se você identificar alguma dificuldade e acreditar que pode ser útil, se apresente e ofereça auxílio. Nunca ajude sem perguntar antes como deve fazê-lo.

- Quando for necessário explicar direções, seja o mais claro possível e utilize referências em metros;

- Fique atento (a) ao uso do tom de voz. Seja natural. Algumas pessoas, sem perceber, falam em tom mais alto sem necessidade.

- Para ajudar a pessoa a se sentar, leve-a até uma cadeira e coloque a mão dela sobre o encosto. Informe se a cadeira tem braço ou não e deixe que ela se sente sozinha;

- Ao responder perguntas, evite fazer gestos. Evite apontar, balançar a cabeça para dizer sim ou não ou acenar;

- Respeite o cão-guia e evite acaricia-lo. Eles têm a responsabilidade de guiar o dono que não enxerga e, por isso, não devem ser distraídos;

- Ao se afastar, deixe claro que vai embora. Um deficiente pode não perceber a sua saída;

- Não se sinta desconfortável em usar expressões como “veja” ou “olhe”. Cegos e deficientes visuais também utilizam essas palavras com naturalidade;

- Não trate um deficiente como se ele não tivesse deficiência.


Se interessou pelo assunto? Você pode conferir mais na edição completa da revista que aborda a vida dos deficientes visuais.


Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Revista Veja Bem. Ed. 16. Ano 06. 2018. p. 6-7.

31 visualizações

Atendimento

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Sábado

Domingo

8h00 às 18h00

8h00 às 18h00

8h00 às 18h00

8h00 às 18h00

8h00 às 18h00

8h00 às 12h00

Fechado

Instagram

Facebook

©  2020 Todos os direitos reservados à  Dra. Letícia Naves